CASA DO ARTISTA POPULAR: A PERPETUAÇÃO DA CULTURA POPULAR PARAIBANA E SEUS DESAFIOS

Autores

  • Gillane de Araujo Rolim

Resumo

Este artigo traça um mapeamento da Casa do Artista Popular do Estado da Paraíba no que tange à perpetuação da cultura popular paraibana em função do turismo, das ações preservacionistas de cunho endógeno e propõe novas vertentes e usos do local. Tendo como objetivos identificar e analisar o funcionamento da demanda, pontos positivos e negativos, a relação dos visitantes com o museu e se ocorre a perpetuação da cultura paraibana a seus visitantes de forma satisfatória. Dessa forma, realizou-se um levantamento de informações a partir de um estudo bibliográfico a cerca dessa temática, pesquisa documental, além de observações empíricas da realidade a que pertence o objeto de estudo. Para tanto, foi realizado um estudo histórico do local onde está inserido o museu e suas interfaces atuais propondo alternativas para minimizar as problemáticas existentes. Em seguida, faz-se um breve comparativo entre a Casa do Artista Popular e o Mercado de Artesanato Paraibano no que tange às suas diferenças, de maneira ilustrativa, em quais pontos se complementam e se contrapõem. São enumeradas, ainda, propostas para melhor utilização do espaço em detrimento de sua arte, melhorias de infraestrutura e acessibilidade além de promover o turismo cultural sustentável e baseado na comunidade local. Os resultados alcançados foram a proposta de um roteiro cultural paraibano integrado e sustentável, aliado ao turismo de base local, a sugestão de mudanças na estrutura do lugar e as estratégias de divulgação mais enfáticas e condizentes com a realidade estudada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

Rolim, G. de A. (2012). CASA DO ARTISTA POPULAR: A PERPETUAÇÃO DA CULTURA POPULAR PARAIBANA E SEUS DESAFIOS. Turis Nostrum, 1(1). Recuperado de https://periodicos.bbn.ufpb.br/ojs2/index.php/tn/article/view/13378

Edição

Seção

Artigos